Golpes na internet: saiba como funcionam e aprenda a evitá-los

Nenhuma pessoa, mesmo sendo uma heavy user, está livre de sofrer um golpe pela internet. As ações dos criminosos estão cada vez mais sofisticadas — fazendo com que, muitas vezes, seja quase impossível para um usuário leigo perceber que está sendo enganado. Pensando nisso, no post de hoje, vamos mostrar como esse tipo de ação funciona e ensinar como você pode evitar ser lesado por golpes na internet. Continue a leitura!

Os objetivos dos golpes na internet

É importante entender que qualquer pessoa está vulnerável a um golpe na internet. Isso acontece porque cada golpe tem um objetivo diferente e, portanto, os mais variados perfis são alvo.

Em essência, o objetivo dos golpes é tirar alguma vantagem da pessoa que está sendo lesada: obter dados pessoais ou informações de dados bancários, hackear contas de e-mail e de redes sociais, conseguir fotos e vídeos íntimos dos usuários, entre diversos outros tipos. O criminoso consegue atingir a vítima através da enganação.

Os tipos de golpes

A seguir, trazemos alguns dos golpes mais comuns que rolam na internet. Porém, lembre-se de que novos golpes são criados constantemente, então, é importante ficar atento a novas informações que possam surgir sobre o assunto — essas notícias costumam circular pelas redes sociais quando um novo golpe ganha destaque. Os tipos mais comuns de golpes na internet são:

Oferecer prêmios

Este ainda é um golpe bastante eficiente: oferecer prêmios e vantagens para o usuário. Esse tipo de ação pode ser feita de diversas formas, por exemplo, através de um pop-up ou banner na tela avisando que você ganhou alguma coisa.

Os e-mails falsos também usam essa modalidade: uma empresa ou loja fake oferece desconto ou algum tipo de vantagem e direciona para um site, também falso. A isca é essencialmente oferecer algo de muito valor para o usuário, como um novo smartphone, fazendo com que ele clique sem questionar. Nesse momento, você pode ser direcionado para uma compra falsa, baixar um vírus ou informar dados pessoais, como endereço, CPF, identidade e número do cartão de crédito.

Sites e aplicativos falsos

Estes dois se passam por sites e aplicativos verdadeiros, fazendo com que você acredite que está baixando um app ou acessando um site confiável, quando a realidade é bem diferente. Essa fraude é muito comum com lojas e bancos, tanto no aplicativo mobile quanto em sites. O layout é o mesmo, mas há sempre algum detalhe diferente, como o domínio do site, por exemplo. Como você acredita que está no site original, faz suas transações normalmente e passa suas informações para terceiros.

E-mails falsos

Pedidos para cadastros, tentativas de obter dados bancários e pessoais, pedidos para clicar em sites falsos ou baixar conteúdos pode significar uma tentativa forte de golpe. Muitas vezes, o e-mail é mesmo bem parecido com o verdadeiro, o que ajuda a confundir a vítima.

Leia tambem: Redes Socias - Quais cuidados devemos ter.

Os cuidados que você deve tomar

Agora, você já conhecem o que querem e como agem os golpes na internet. Mas como se proteger deles? As dicas a seguir são simples e facilmente executáveis, mas vão ajudar muito. Confira:

Instale um bom antivírus e anti-malware. Eles são importantíssimos para evitar a entrada de vírus, trojans e malwares em sua máquina que, além de prejudicar o seu uso a longo prazo, podem permitir o envio de informações pessoais para criminosos.

Sempre verifique com cuidado o que você está acessando. Muitas vezes, um site falso possui apenas uma letra diferente em relação ao endereço do original.

Cheque bem o link antes de clicar. Em muitos golpes, apenas o clique já faz com que você abra uma vulnerabilidade no computador e permita a invasão de hackers. Por isso, confira se ele realmente é confiável antes de clicar.

Questione promoções sensacionais que apareçam do nada, bem como e-mails de lojas nas quais você nunca se cadastrou.

Baixe aplicativos e softwares apenas de sites confiáveis.

Ao realizar compras ou fazer login em sites, verifique se o link começa com "https://". Essa é uma forma de assegurar que o site é seguro para o envio de informações privadas.

Você já foi vítima de golpes na internet? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e conte pra gente!

João Cardoso

Eu sou entusiasta de Tecnologia e Marketing Digital. Estudo de tudo um pouco todos os dias. Sou CMO na OMA Informática bem como escritor do nosso blog.