Descubra o que é SPAM e o que fazer para se proteger dele

Quando colocamos um novo computador para funcionar, o primeiro passo é tomar precauções de segurança. Todos sabem que devemos instalar antivírus adequados para fazer a proteção enquanto navegamos na Internet, mas você sabia que o SPAM também pode comprometer a segurança dos seus dados? Para descobrir o que é SPAM e saber como evitá-lo, acompanhe o nosso artigo de hoje!

O que é SPAM?

SPAM é o nome que se dá às mensagens eletrônicas que ocasionalmente chegam em nosso e-mail — apesar de também circularem em blogs e outras redes sociais. O SPAM chega para o internauta sem que ele solicite, e geralmente tem a função de fazer o usuário clicar em um link externo. Geralmente, esse tipo de e-mail tem aplicação comercial, ou seja, tenta fazer com que o internauta compre um produto ou serviço.

Porém, o SPAM fica mais perigoso quando funciona para disseminar golpes virtuais, boatos falsos, difamação de pessoas ou até mesmo malwares que tentam capturar as suas informações. O SPAM também tem a característica de ser enviado para dezenas, centenas ou até milhares de endereços eletrônicos ao mesmo tempo. E é por isso mesmo que ele é eficiente, pois atinge muitas pessoas em pouco tempo e sem a necessidade de grandes esforços.

Outro problema é que nem todas as mensagens classificadas automaticamente como SPAM pelos servidores de e-mail realmente são SPAM. Às vezes, e-mails marketing cujo envio você autorizou, e-mails contendo anexos ou determinadas palavras-chave recebem a classificação errônea de SPAM, fazendo com que você possa demorar a encontrar ou, até mesmo, não receber mensagens de seu interesse.

Quais os problemas causados pelo SPAM?

Principalmente devido ao seu grande alcance e à desinformação de boa parte dos internautas, o SPAM se tornou um grande problema na rede. Entre os principais transtornos causados por essa prática, estão:

Leia também: 10 Sinais que seu computador está com vírus.

Poluição do e-mail

O SPAM polui a caixa de de mensagens dos internautas, ocupando o espaço disponível para armazenamento de e-mails, forçando-os a apagar as mensagens inconvenientes ou até mesmo trazendo conteúdo impróprio.

Além disso, quando o celular notifica uma nova mensagem, o fato de o e-mail ser apenas um SPAM, e não uma mensagem importante ou interessante, é incômodo.

Gastos para empresas

O SPAM ainda é capaz de trazer malefícios financeiros para os provedores, pois se estima que metade das mensagens enviadas no mundo são SPAM. Com isso, as companhias são forçadas a cobrir mais gastos com o tráfego e armazenamento de informações, além de precisarem investir na segurança e no suporte ao usuário dos servidores de e-mail.

Ameaça à segurança

Como muitas mensagens SPAM acabam trazendo anúncios falsos, links duvidosos ou malwares incorporados, a segurança do internauta fica comprometida. Especialmente quando falta informação ao usuário, ele pode acabar infectando o seu computador — assim, sua máquina fica sujeita à captura de informações por parte dos spammers.

Como se proteger do SPAM?

Algumas medidas simples podem te ajudar a evitar o SPAM. Confira-as:

Não exponha seu e-mail

Nunca divulgue seu e-mail em blogs ou outras redes sociais. Isso facilita a captura do seu endereço e contribui para o envio de mensagens duvidosas. Os spammers já têm ferramentas para capturar e-mails divulgados publicamente, portanto, mesmo nas redes sociais confiáveis, exponha seu e-mail apenas para amigos.

Proteja sua máquina

Seja um desktop ou um dispositivo móvel, é importante estar sempre protegido. Use um antivírus confiável, atualize seu sistema operacional sempre que necessário e não faça downloads ou acesse sites cujo conteúdo não seja confiável.

Não faça cadastro em qualquer site

Muitos sites pedem seu e-mail para o envio de newsletters ou outras informações do tipo — e apesar de muitos deles cumprirem com o prometido, outros podem capturar o seu e-mail e compartilhá-lo com terceiros ou enviar publicidade indesejada.

Não responda ao SPAM

Algumas mensagem SPAM já vêm com o aviso “envie a palavra x para não receber mais mensagens” ou “clique aqui para não receber mais propagandas”. Não faça isso, pois assim os spammers conseguem confirmação de que o seu endereço está ativo. Apenas ignore a mensagem, apague-a e reporta o destinatário ao seu servidor de e-mail.

Qual sua experiência com essas mensagens? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e entre para a conversa!

João Cardoso

Eu sou entusiasta de Tecnologia e Marketing Digital. Estudo de tudo um pouco todos os dias. Sou CMO na OMA Informática bem como escritor do nosso blog.